A mulher no mercado de trabalho

Como ter mais mulheres nas empresas?

As mulheres estão cada vez mais decididas a enfrentarem as empresas e a se posicionarem no mercado de trabalho. A luta é diária para provar nossa competência e nosso merecimento para salários iguais ao do homem. Algumas reações acabam sendo muito extremistas e o cuidado para não virar guerra dos sexos deve ser pensado. Não temos que brigar por lugares e sim conquistarmos o nosso espaço, do mesmo jeito que fazemos na nossa vida pessoal. A mulher é muito habilidosa nessa questão. A mulher no mercado de trabalho é uma questão de tempo.

 

A comunicação de forma inteligente

Para começar é preciso fazer com que sejamos mais ouvidas e mais respeitadas. Tanto para os homens quanto para as mulheres, os 3 V’s da comunicação (verbal, não verbal e visual)  precisam estar alinhados para passar coerência e credibilidade. Se eles estiverem coerentes e forem usados de uma forma que agregue, pode ser a melhor forma de mostrarmos o nosso potencial e sermos mais respeitadas. Mulheres de sucesso, que ocupam cargos importantes, já fazem isso muito bem, talvez sem perceber.

Comunicação Verbal

A comunicação verbal é a forma como você comunica o seu conteúdo e como se expressa. Ela pode ajudar muito ou pode atrapalhar. A forma de se comunicar é tão importante quanto o que se está falando. Uma música pode emocionar muito ou não, vai depender de quem está cantando. Palestras boas são feitas por bons comunicadores. Conteúdos iguais são passados de várias formas, o tempo todo, o sucesso depende muito de quem está transmitindo. Um bom professor é aquele que sabe passar seu conteúdo.

Comunicação verbal também é saber usar as palavras certas para falar com o outro, sempre de uma forma educada e calma. Usar as palavras certas, na hora certa, pode trazer resultados que você nem imagina. Vamos citar alguns exemplos: evite usar o “não” nas frases, use mais o “sim”. Evite o “mas”, ele estraga tudo o que foi falado antes dele. Se preocupe mais em acompanhar as conversas até que consiga conduzir para o seu objetivo, conduza menos e acompanhe mais, para ter menos conflitos. Quando você começa a pensar antes de falar e deixa de ter reações impulsivas, é um grande passo para sua inteligência emocional. As palavras bem colocadas são boas ferramentas para conquistar tanto as pessoas quanto nossos objetivos. Não estamos falando de manipular e sim de ter um olhar mais apurado pelo outro.

Comunicação não verbal

Essa é a melhor e a menos usada, talvez por não termos consciência de tudo o que ela pode fazer por nós. Não podemos afirmar, mas aqui a mulher acaba perdendo muito para o homem na parte profissional. A mulher sabe, melhor do que ninguém, se expressar através do corpo e dos gestos, mas nas empresas é muito comum que ela se sinta mais acuada e frágil, diferente do homem, que tem uma postura mais forte, devido ao peso que lhe foi colocado desde que nasceu. Isso não quer dizer que temos que nos igualar, mas temos que prestar mais atenção na nossa forma de nos posicionar através da postura. Mulheres de sucesso têm essa postura, basta observar. Se quisermos mais mulheres no mercado de trabalho, temos que começar a pensar dessa forma.

Não podemos negar que a mulher acaba se sentindo mais frágil e, às vezes, até inferior ao homem. Claro que não estamos falando de todas as mulheres, mas sim de uma boa parte. A mulher vem dominando áreas jamais pensadas que poderia assumir, mas ainda estamos longe de sermos a maioria ou pelo menos 50% nos cargos mais altos das empresas.

O que poderíamos fazer para melhorar nossa postura e a forma como os homens nos vêem? Vamos começar pelo nosso olhar. Segundo o livro “A linguagem Corporal das mulheres”, temos o hábito de abaixar os olhos e grande dificuldade de encarar os homens, nessa hora eles ganham força e acham que vai ser fácil, porque afinal ela é muito mais frágil do que ele. O olhar precisa ser reto e firme, não pode ser para baixo e nem para cima. Olhar demais não é correto e nem desviar o olhar. Treine seu olhar o espelho.

A postura dos ombros precisa ser ereta e firme, ela muda nossa sensação. Uma postura ruim pode acabar com o seu dia e uma postura boa pode transformar o seu dia. Cuide das costas e da firmeza na hora de andar.

As pernas normalmente são projetadas para um lado, onde o corpo descansa em uma das pernas. O ideal é não cruzá-las quando estiver em pé e tentar passar equilíbrio com as duas pernas. São inúmeras as dicas para posturas ideais, mas o queremos é que as mulheres comecem a pensar na sua postura, para poder ser mais respeitada e ouvida. Este mesmo livro cita que as mulheres, por questões culturais, ainda estão em fase de mudança e pode demorar muitos anos para que isso mude efetivamente, acabam se sentindo inferiores e mais frágeis do que os homens, às vezes querem ser mais boazinhas e simpáticas e é, nessa hora, que os homens aproveitam para mostrar que de certa forma tem mais competência que as mulheres.

Comece a observar a sua postura e a das mulheres que estão em cargos mais altos.

Comunicação visual

A comunicação visual nada mais é do que a forma de nos apresentarmos, seja através das roupas, do cabelo, do nosso perfume. A roupa fala muito sobre você, sem perceber ela conta seu humor, sua fase de vida, um pouco da sua personalidade e pode passar até o que você não imagina.

Não temos que perder nosso estilo, muito pelo contrário, temos que imprimí-lo dentro de um dress code adequado. As cores falam muito e podemos usá-las para nos favorecer e conseguirmos passar a imagem ideal. Elas podem fazer com que você se sinta melhor ou pior, mais confiante ou mais frágil, comece a observar como escolhe  as cores das suas roupas no seu dia a dia.

Quando usamos uma roupa que nos faz sentir mais “poderosas” e mais autoconfiante, a nossa autoestima cresce… tente refletir sobre as vezes que se preparou para algum evento, reunião ou palestra e quais foram as sensações. Quando nos olhamos no espelho e gostamos da imagem que estamos vendo, nos sentimos mais preparadas para enfrentar o dia. Mas não esqueça de que não devemos ser sensuais demais, o conteúdo precisa sobressair.

Agora é hora de parar para refletir nos 3 V’s da comunicação porque para ter mais mulheres nas empresas, precisamos mudar alguns comportamentos.

Deixe seu comentário, é muito importante para nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *